POLICIA MILITAR APREENDE QUATRO FUZIS E MAIS DE DUAS TONELADAS E MEIA DE DROGAS NO COMPLEXO DA PENHA

2019-07-26T15:17:28-03:00julho 20th, 2019|

Policiais militares da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) e das unidades do Comando de Operações Especiais (BOPE – Batalhão de Operações Policiais Especiais, BPChq – Batalhão de Polícia de Choque, BAC – Batalhão de Ações com Cães e do GAM – Grupamento Aeromóvel) com apoio do 1º Comando de Policiamento de Área (1ºCPA) realizaram operação no Complexo da Penha, neste sábado (20/7),  com o  objetivo de  prender criminosos e apreender armas.

No início da ação, as equipes do CPP foram atacadas por disparos de criminosos e houve confronto. Logo após, dois indivíduos foram encontrados feridos. Eles foram socorridos ao Hospital Getúlio Vargas (HGV), mas não resistiram. Com eles foram apreendidos um fuzil calibre 5.56, uma granada e drogas.

 

 

 

Em continuidade, os policiais se depararam com elementos armados na área de mata, conhecida como “Vacaria”, houve novo confronto. Um criminoso portando um fuzil AK, calibre 7,62, foi ferido e também socorrido ao HGV, vindo à óbito.

Já os policiais do BAC localizaram no terraço de uma casa, com auxílio dos cães farejadores, um fuzil calibre 7,62 e mais de duas tonelada e meia de drogas, entre elas, dois quilos de pasta base.

Os policiais do BPChq prenderam um homem com um revólver 32 e outros dois com mandado de prisão em aberto.

Na comunidade Fé e Sereno, policiais da UPP prenderam um homem que tentou fugir em uma motocicleta roubada. Em outro ponto, as equipes também prenderam um homem de vulgo “LP da Penha”. Com ele foi apreendida uma mochila com drogas, artefatos explosivos e um rádio transmissor.

 

Na Vila Cruzeiro, policiais do BOPE apreenderam um fuzil Colt 5,56, 40 kg de maconha, 15 carregadores e dois rádios transmissores.

Na Chatuba, equipes da UPP prenderam um homem de vulgo “Goibada”. Contra ele constava mandado de prisão em aberto.

Em situações e pontos diversos, outras sete pessoas foram presas por policiais do Grupamento de Intervenções Táticas (GIT) do CPP. Além de outros três homens presos com mandados de prisão em aberto.

Ocorrências registradas na 21ªDP, 22ºDP, 27ªDP e DH.

Saldo da ação:
– 03 mortos
– 16 presos (06 mandados)
– 04 fuzis
– 01 revólver 32
– 02 granada/artefato explosivo
– 01 moto recuperada
– Mais de duas toneladas de drogas.