PROMOTORES DA AUDITORIA MILITAR FAZEM AVALIAÇÃO POSITIVA DA UP-PMERJ

2018-12-06T19:58:15+00:00dezembro 4th, 2018|

Uma melhora contínua e expressiva no decorrer dos últimos três anos. Esta, em linhas gerais, foi a avaliação feita por uma comissão de três promotores de Justiça da Auditoria Militar após realizarem, na manhã desta terça-feira (04/12), a última inspeção ordinária do ano na Unidade Prisional da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, instalada no bairro do Fonseca, em Niterói.

As inspeções da Auditoria Militar na UP PMERJ são feitas a cada trimestre. Além dos três promotores de Justiça – Allana Poubel,  Décio Alonso e Paulo Roberto Mello Cunha – , participaram da inspeção seis agentes da Coordenadoria de Inteligência do Ministério Público estadual, pois havia chegado informação, através do Disque-Denúncia, sobre supostos privilégios a custodiados. Toda a área destinada aos oficiais e personalidades públicas foi minuciosamente inspecionada e nenhuma irregularidade foi constatada. Todos recebem exatamente o mesmo tratamento. A área destinada aos praças também foi inspecionada e nada de irregular foi observado.

– Tenho constatado uma melhoria muito expressiva na Unidade Prisional da PM, principalmente depois da sua transferência para Niterói – avaliou o Promotor de Justiça Paulo Roberto Mello Cunha.

Depois de passar por um profundo processo de reestruturação, em 2016, a UP da PM adotou o regime militar na rotina dos presos, sejam eles da Corporação (a quase totalidade) ou de outras instituições públicas. Os internos usam o mesmo uniforme e participam de ordem unida. Os demais quesitos de direitos e deveres dos internos seguem as normas estabelecidas pela Vara de Execuções Penais (VEP).