CORONEL LAVIANO ENALTECE HERÓIS ANÔNIMOS QUE LABUTAM DE SOL A SOL NO ASFALTO SELVAGEM

2018-04-05T14:33:00-03:00março 14th, 2018|

Em seu discurso de posse, o novo Comandante-Geral da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, Coronel Luís Cláudio Laviano, foi bastante direto ao abordar o desafio da segurança pública: “Não existe solução mágica para problemas complexos, mas acredito no trabalho sério de prevenção e repressão a ilícitos. Serão dias de muito trabalho para realizar entregas que irão impactar o futuro da nossa Corporação e da sociedade Fluminense”, disse ele durante a cerimônia, realizada na tarde de quarta-feira (14/03), no pátio do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq), no Estácio.

Em outro trecho do discurso, expôs sua definição sobre a Corporação que passou a comandar: “A Polícia Militar é constituída de heróis anônimos que labutam de sol a sol no asfalto selvagem do Estado do Rio de Janeiro”. A íntegra do discurso do Coronel Laviano pode ser lida no Boletim Interno da Polícia Militar nº 01 de 14 março de 2018.

Presidida pelo Secretário de Estado de Segurança Pública, General Richard Nunes, a cerimônia de transmissão de cargo teve início com a leitura da ordem do dia pelo Coronel Wolney Dias Ferreira, que passou o comando depois de 17 meses à frente da Corporação. O Coronel Wolney Dias fez um relato das conquistas obtidas durante sua gestão, mesmo enfrentando as dificuldades da falta de recursos em decorrência da crise financeira do estado. A íntegra do pronunciamento está publicada BOL PM nº048 de 14 de março de 2018.

Diante da tropa formada por policiais do BPChq e de outras unidades da Corporação, que vieram prestigiar o evento, o General Richard disse que a intervenção federal abre uma janela de oportunidades para vencer os desafios da área de segurança, pois possibilitará o trabalho mais integrado entre as instituições envolvidas. Ao depositar sua total confiança na capacidade de trabalho e liderança do Coronel Laviano, o General Richard agradeceu o empenho do Coronel Wolney Dias e elogiou o processo de transição.

Após a cerimônia de posse, o Coronel Laviano concedeu uma rápida entrevista aos jornalistas, reafirmando o seu compromisso de trabalhar com muito empenho para ampliar a capacidade de policiamento ostensivo, como forma de combater o crime e melhorar as condições de segurança dos cidadãos fluminenses e dos próprios policiais.